SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Moda

Imagem de título do setor Moda
7 de fevereiro de 2019

Tecidos feitos de bananeira e abacaxi, são a matéria prima da estilista Nandini Baruva

Com o espírito de sustentabilidade e ecologia em mente, a estilista indiana Nandini Baruva elegeu como matéria prima de suas coleções, tecidos naturais feitos exclusivamente em teares manuais, utilizando as fibras da bananeira, abacaxi, juta, algodão orgânico e seda Ahimsa.

Tecidos feitos de bananeira e abacaxi, são a matéria prima da estilista Nandini Baruva

Os tecidos são tingidos com corantes naturais e estampados à mão pelo método tradicional indiano de impressão de blocos.

Durante o Lakmé Fashion Week Summer / Resort 2017, Nandini Baruva, apresentou sua coleção ‘Bhumisattva’ toda centrada na moda sustentável. Além das roupas, sua coleção ainda tinha acessórios como bolsas e calçados feitos de fibras naturais.

A coleção Bhumisattva tinham combinações de cores igualmente ricas de marfim, vermelho, preto e ouro. Esses matizes assumiram silhuetas estruturadas. Seja um sari com uma jaqueta feita sob medida, um vestido divertido com golas na cintura ou a combinação clássica de blusa ou túnica sobre saias circulares, a estilista criou uma bela coleção ecológica feita em sua maioria de fibras de bananeira e abacaxi misturadas com algodão orgânico e seda Ahimsa. A fibra da juta foi utilizada nos acessórios.

Categoria Moda e Design Compartilhe Com o espírito de sustentabilidade e ecologia em mente, a estilista indiana Nandini Baruva elegeu como matéria prima de suas coleções, tecidos naturais feitos exclusivamente em teares manuais, utilizando as fibras da bananeira, abacaxi, juta, algodão orgânico e seda Ahimsa. Os tecidos são tingidos com corantes naturais e estampados à mão pelo método tradicional indiano de impressão de blocos.

Durante o Lakmé Fashion Week Summer / Resort 2017, Nandini Baruva, apresentou sua coleção ‘Bhumisattva’ toda centrada na moda sustentável. Além das roupas, sua coleção ainda tinha acessórios como bolsas e calçados feitos de fibras naturais.

A coleção Bhumisattva tinham combinações de cores igualmente ricas de marfim, vermelho, preto e ouro. Esses matizes assumiram silhuetas estruturadas. Seja um sari com uma jaqueta feita sob medida, um vestido divertido com golas na cintura ou a combinação clássica de blusa ou túnica sobre saias circulares, a estilista criou uma bela coleção ecológica feita em sua maioria de fibras de bananeira e abacaxi misturadas com algodão orgânico e seda Ahimsa. A fibra da juta foi utilizada nos acessórios.

A ideia por trás das coleções sustentáveis de Nandini Baruva é ajudar a rejuvenescer o artesanato tradicional indiano, colaborando com artesãos e produtores de fibras naturais, para criar produtos que sejam relevantes e atraentes para os consumidores conscientes de hoje.

Fonte:
ASSINTECAL
Autor:
ASSINTECAL
Publicado em:
7 de fevereiro de 2019

Você também vai gostar de ler