SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Petróleo e Gás

Imagem de título do setor Petróleo e Gás
28 de outubro de 2021

Nova geração de híbridos plug-in da Range Rover serão capazes de rodar 100 km sem gasolina

Após anos, a Range Rover será o primeiro modelo da marca Land Rover a ser um híbrido plug-in, sendo o início de uma possível chegada de vários novos carros elétricos. A fabricante destaca que o modelo consegue uma autonomia de 100 km sem utilizar gasolina

Land Rover E

O primeiro carro sustentável da Land Rover será o famoso Range Rover. O modelo aproveitará a chegada da 5ª geração, que foi apresentada recentemente, e será fabricado na nova plataforma MLA, desenvolvido pelo grupo para uma série de carros elétricos que depois de diversas dúvidas, decidiu reservar apenas para o Range Rover. Esperando por uma versão totalmente elétrica, sem o uso de gasolina, que chegará em 3 anos, o novo Range Rover 2022 começará como um híbrido plug-in em duas versões que chegarão até o fim do próximo ano: O novo Range Rover P440e e P510e.

Modelos podem atingir 510 cavalos de potência

Os dois modelos da marca chegarão ao mercado equipados com um motor a gasolina e uma bateria dimensionada de forma generosa, que possui uma capacidade de 38,2 kWh e promete recarregar 80% em apenas meia hora em potência máxima.

A bateria está situada sob o assoalho, para que seja mantida tanto a habitabilidade quanto o desempenho do híbrido plug-in. O Range Rover P510e combina um motor a gasolina de 3.0 litros 6 cilindros com um motor de 105 kW para obter uma potência de 510 cavalos e 71,3 kgfm de torque. O modelo consegue ir de 0 a 100 km/h em apenas 5,3 segundos. Já o P440e consegue alcançar uma potência de 440 cavalos e um torque de 63,2 kgfm.

Híbridos plug-in emitem menos de 30 g/km em CO2

A bateria alimenta um motor elétrico integrado à transmissão que entrega 105 kW e permite que o motorista viaje em modo de emissão zero, sem utilizar gasolina, por 100 km percorrendo a uma velocidade de até 140 km/h.

Por fim, o conjunto elétrico permite que o novo Range Rover híbrido plug-in mantenha o consumo a níveis baixíssimos, tanto que as emissões de CO2 nas duas versões do modelo, são inferiores a 30 g/km.

Além disso, para aprimorar ainda mais os trajetos percorridos, os novos carros elétricos da marca contam com um navegador de satélite com funções avançadas de eHorizon, que otimiza todo o funcionamento do sistema de propulsão dependendo com o destino escolhido pelo motorista.

Novos carros elétricos da Range Rover contarão com tecnologias de última geração

Além dos motores elétricos, os novos híbridos plug-in também dão um grande salto se comparado com seu antecessor, também de outros pontos de vista. O modelo conta, pela primeira vez, com uma direção nas quatro rodas, para que curvas acentuadas sejam mais fáceis de se realizar.

A nova geração utiliza softwares de última geração compatíveis com atualizações remotas que podem intervir tanto no sistema de informação e entretenimento, quanto em todos os outros aspectos que afetam o motor e o chassi ativo. Entre várias características que mudaram no novo modelo que utiliza menos gasolina, está a “sala de estar” muito elegante sobre rodas, e também um sistema de cancelamento de ruído.

O modelo aproveita 35 alto-falantes do sistema 1.600 Watt Meridian Signature e uma série de microfones que avaliam os sons que se espalham dentro da cabine para que os ocupantes tenham um silêncio garantido.

Fonte:
Click Petróleo e Gás
Autor:
Valdemar Medeiros
Publicado em:
28 de outubro de 2021

Você também vai gostar de ler