SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Alimentos

Imagem de título do setor Alimentos
3 de maio de 2022

McPicanha reforça a importância de pesquisar a composição dos alimentos

O consumidor deve ler todas as informações do rótulo dos alimentos, justamente para saber o que está comprando

Alimentos

Supermercado é um paraíso de gôndolas e produtos. Várias marcas, tamanhos e apresentações.

É muito comum fazermos compras sem nem olhar rótulos ou informações nutricionais de alimentos. Mas isso é muito perigoso.

Inúmeros produtos são vendidos de maneira errada.

Por exemplo: néctar ou refresco de fruta vendido como suco.

Quando a gente olha a composição leva um susto: alguns deles não têm nem 10% de suco na composição que é, em sua maioria, formada por água, conservantes e açúcar.

Esse é só um de muitos exemplos daquele ditado popular que diz: comprar gato por lebre. E para evitar esse tipo de situação é preciso ficar muito atento.

Mariana Gondo, advogada do IDEC – Instituto de Defesa do Consumidor – explica que o consumidor deve ler todas as informações do rótulo dos alimentos, justamente para saber o que está comprando. Ela conta que essa prática é muito comum.

Os órgãos de fiscalização como Procon e Ministério da Justiça estão sempre de olho nessas irregularidades.

E nesta semana, o McDonald’s foi notificado por ambos justamente pela prática de propaganda enganosa.

É que o último lançamento da rede de fast food foi o McPicanha, mas o sanduíche não tem picanha. É um hambúrguer de carne bovina saborizado.

O McDonald’s, em nota, explicou que o sanduiche é preparado com um molho com sabor de picanha e que faz os consumidores terem uma experiência gastronômica parecida com churrasco.

A rede de restaurantes pediu desculpas pelo mal entendido e disse que deve retirar o lançamento do cardápio e avaliar uma nova estratégia para incluí-lo novamente.

Tanto o MJ quanto o Procon SP pediram explicações formais ao McDonald’s pelo fato e solicitaram outras informações como modo de preparo, ingredientes e tabela nutricional do McPicanha. O prazo para essa defesa é de 10 dias.

E se o consumidor notar que tem algo diferente no rótulo do que está sendo anunciado, é preciso denunciar o caso aos órgãos competentes, ligando para o Procon do seu estado ou pelo site idec.org.br.

Fonte:
Canalrural
Autor:
Agência Brasil
Publicado em:
30 de abril de 2022

Você também vai gostar de ler