SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Moda

Imagem de título do setor Moda
13 de julho de 2020

Digital Signage

Conheça o Digital Signage (Sinalização Digital), e descubra como ele vem se destacando como uma importante ferramenta na construção de estratégias de marketing e comunicação

Digital Signage

O que é Digital Signage

É uma ou mais telas conectadas que são gerenciadas remotamente por uma central ou mesmo por um celular. Esses conteúdos podem ser programados em playlists que podem ser autorais (desenvolvidos pela empresa) ou por uma curadoria feita por terceiros (agências).

A programação, frequência e periodicidade são, assim como todo conteúdo, programados e aprovados previamente pelo o cliente. É uma ferramenta em que é possível ainda fazer mudanças no conteúdo em tempo real.

Essas telas ou displays são instalados em áreas de espera, grande circulação e venda de acordo com os objetivos estratégicos do negócio. O foco pode ser entreter, informar, vender ou mesmo contribuir para a construção de posicionamento da marca (branding e marketing). Essa estratégia está sendo muito utilizada por empresas de varejo, serviços e agências de publicidade que atendem esses mercados.

Os locais mais comuns para o uso dessa ferramenta são:

  • vitrines de lojas
  • pontos de ônibus
  • metrô
  • bares
  • restaurantes
  • hotéis
  • shoppings
  • bancos
  • consultórios médicos e dentistas

Utilização da ferramenta para treinamento de equipes

Muitas empresas têm usado esse tipo de mídia como uma ferramenta importante de treinamento e motivação para equipes internas. Esse tipo de recurso muitas vezes acaba sendo mais barato pois ajuda a diminuir custos de deslocamento, estadia e alimentação das equipes que seriam responsáveis por esses treinamentos.

Vantagens da ferramenta Digital Signage

O Digital Signage tem grande alcance, possibilidade de segmentação de conteúdo e baixo investimento em comparação as mídias tradicionais.

Aqui no Brasil essa tecnologia vem ganhando espaço nos últimos anos devido ao barateamento da tecnologia e a atratividade e interatividade das telas. Outro ponto positivo é que ela é facilmente escalável e gerenciável.

Para criar estratégias de marketing eficientes com o Design Signage é preciso levar em consideração os seguintes pontos:

  • perfil do público
  • tempo de campanha
  • resultados desejados
  • objetivo da ação

Existem 3 principais formas de exibição dos conteúdos:

  • Vídeos: conteúdos audiovisuais.
  • Templates: imagens e textos atualizados de maneira dinâmica.
  • Aplicativos interativos: displays touch screen.

Esses conteúdos de Digital Signage podem ser usados como marketing, entretenimento, menus, vitrines e informativos de utilidade pública. Os anúncios de ponto de venda são extremamente efetivos e os displays chamam atenção dos passantes em locais de grande fluxo.

Além de terem a função publicitária e de entretenimento, esses displays podem informar o público sobre o clima, trânsito, dados de bolsas de valores e tudo mais que for relevante para determinado segmento de negócio.

Pontos positivos no uso do Digital Signage como ferramenta de marketing e comunicação

  1. Cria lealdade com consumidor;

  2. Possui conteúdo automatizado e dinâmico;

  3. Constrói reconhecimento para marca;

  4. Entretém o público;

  5. Afeta positivamente a decisão de compra;

  6. Treina e gera engajamento nos colaboradores;

  7. Oferece uma mídia mais econômica em larga escala.

Exemplos:

  • Marcas como ‘O Boticário’ e ‘Drogaria Raia’ já utilizam telas como meio de compra onde o cliente pode fazer toda a jornada de compra no digital mesmo estando em espaço físico. Dessa forma os clientes podem comprar produtos que não tenham no estoque na loja física e recebê-los em casa.
  • A Amaro, marca de varejo nacional que nasceu no digital possui guide shops, onde são oferecidos produtos para as clientes provarem, mas só recebem o pedido em casa.As guide shops Amaro possuem telões gigantes de LED espalhados pela loja, e não existem caixas para pagamento. Os clientes podem finalizar suas compras utilizando os tablets ou computadores disponíveis na loja e aguardar a entrega das peças em sua casa.
  • O varejo é um dos segmentos que mais está focado nas possibilidades do Digital Signage pois busca manter a relação de lealdade com seus consumidores e, ao mesmo tempo acompanhar os avanços tecnológicos para o futuro do consumo.
Fonte:
Sebrae Inteligência Setorial
Autor:
Karen Rocklin – consultora do Sebrae/RJ
Publicado em:
13 de julho de 2020

Você também vai gostar de ler