SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Construção civil

Imagem de título do setor Construção civil
27 de setembro de 2021

Construção civil gera mais de 1 milhão de vagas de empregos nos últimos 12 meses; porém, receita média dos trabalhadores cai

Pandemia obriga milhares de brasileiros a se aventurar na construção civil; renda média dos trabalhadores cai em um ano

Construção civil gera mais de 1 milhão de vagas de empregos nos últimos 12 meses; porém, receita média dos trabalhadores cai

A construção civil tem um papel importante na economia e geração de empregos. Dados divulgados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Continua), a construção civil teve um aumento de 19,6% na população ocupada do Brasil no último ano.

Por outro lado, ao mesmo tempo que a construção civil gera mais vagas de empregos, a renda média dos trabalhadores do setor teve uma queda brusca nos últimos 12 meses.

Os especialistas entendem que o aumento de pessoas trabalhando na construção civil se deu por conta da situação econômica do país, obrigando os informais a entrarem no setor. Com a pandemia e dificuldades de emprego no país, muitos estão optando por trabalha no setor da construção. Um lado negativo disso é a queda na renda média dos trabalhadores do setor.

Informais buscam oportunidades na construção civil

No segundo trimestre do ano passado, quando a pandemia ainda gerava grandes restrições de circulação, o número de pessoas trabalhando no setor da construção civil era de 5,3 milhões. Já no segundo semestre desse ano, o número de pessoas trabalhando no setor chegou a 6,4 milhões. Isso quer dizer que R$ 1 milhão de pessoas começaram a trabalhar na construção em um ano.

No mesmo período, a renda média dos trabalhadores caiu de R$ 2.087 para R$ 1.778. Os números correspondem a uma redução de 14,8% nos ganhos, sendo a maior entre as 10 atividades que foram pesquisadas.

Fonte:
Click Petróleo e Gás
Autor:
por Fábio Lucas
Publicado em:
26 de setembro de 2021

Você também vai gostar de ler