SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Turismo

Imagem de título do setor Turismo
3 de abril de 2019

Bariloche estima 50 mil turistas brasileiros no inverno de 2019

Em evento no Consulado Geral da República Argentina, em São Paulo, a Emprotur (Organização de Promoção Turística na Região) anunciou novidades de Bariloche em 2019.

Bariloche estima 50 mil turistas brasileiros no inverno de 2019

Com uma série de ações realizadas no Brasil, o órgão de turismo projeta a visita de 50 mil turistas brasileiros durante a temporada de inverno. O número representa crescimento de 16% em relação a temporada 2018/2019.

De acordo com Leopoldo Tiberi, diretor do Turismo de Bariloche, algumas questões justificam a alta expectativa. “Não só Bariloche, como a Argentina em si, tem melhorado principalmente sua conectividade aérea”, disse. “O Brasil é um dos maiores incentivos para continuarmos com a promoção e outras ações”, complementa Tiberi.

Ao todo, são seis novidades com relação a malha aérea. A Latam Airlines oferecerá voos todos os dias, de 1º de julho a 15 de agosto, entre São Paulo e Bariloche. Já a Aerolíneas Argentinas terá operações extras com conexões em Buenos Aires. “Um ponto importante na expansão é pensar nas conexões aéreas nacionais. Hoje, Bariloche está ligada a cidades como Córdoba, Mendoza, Rosário e Calafate, por exemplo”, afirmou o diretor.

Em relação a empresas brasileiras, o destino firmou acordo com a Azul Linhas Aéreas e Decolar. A primeira ofertará três voos semanais a partir de 15 de junho, além de uma frequência semanal o ano todo. Ambas operações partem do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

Por sua vez, a Decolar.com comercializará 100 voos charters para o destino, que será o primeiro da organização para fora do país. A operação se inicia a partir de 1º de junho.

Bariloche: além do inverno

Com o fortalecimento do mercado de inverno, com forte presença brasileira, Bariloche quer mostrar algo novo aos turistas. O preço competitivo, eventos, festividades e a gastronomia local são alguns dos pontos explorados para incrementar o turismo além do inverno.

Sendo assim, sem uma expectativa definida, a ideia da Emprotur para os próximos meses é trabalhar as quatros estações da região. “Como medidas prioritárias nessa prospecção de verão, primavera e outono, apresentaremos a viabilidade do destino. Os preços serão nosso principal trunfo, juntamente com a relação com agências de viagens, imprensa e empresas aéreas”, finalizou Tiberi.

Crédito da foto: Lucas Kina/Hotelier News

Fonte:
HOTELIER NEWS
Autor:
HOTELIER NEWS
Publicado em:
3 de abril de 2019

Você também vai gostar de ler