SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Moda

Imagem de título do setor Moda
17 de novembro de 2017

Baobá-Brasil conquista mercado carioca com moda afrourbana e divulga a África no Brasil

A jornalista e empreendedora Tenka Dara, 38, encontrou na moda uma forma de se reinventar. O gosto pela estética africana começou como forma de expressar sua identificação pela cultura afro e se transformou em negócio.

Miniatura_Portal_RJ
“Recebia muitos elogios pelas roupas que usava e os amigos que se identificavam com a cultura afro começaram a pedir para fazer para eles. Vi que essa estética tinha uma grande aceitação do público, negro ou não”, jornalista e empreendedora, Tenka Dara, 38.

O negócio começou a surgir quando Tenka ainda cursava a faculdade de comunicação e artes na PUC-São Paulo.

Em 2006, resolveu investir para valer no negócio. A feira da praça Benedito Calixto, em São Paulo, que reúne estilistas independentes, foi seu primeiro ponto de venda. Depois, passou a participar de outras feiras paulistanas.

A loja funcionou por três anos, até Tenka se mudar para o Rio de Janeiro, onde foi preciso desbravar o mercado local e reencontrar seu público-alvo.

Você também vai gostar de ler